Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Uncategorized’ Category

Não deixem de ver…

Lá no outro blog, o post do dia: Sessão Cinema “O amor e outras drogas”…

Não fique em casa!

Me deêm sua opinião!

Bjusss

Read Full Post »

Enfim meu novo blog

Amores!

Conforme anunciado anteriormente, eu finalmente montei meu novo blog para falar de lugares e dicas legais… Apesar de serem dicas de lugares em sua grande maioria em São Paulo, vou falar tb sobre filmes, livros, produtinhos, enfim, vai ser aquela salada mista!!! rs

Gostaria mto de compartilhar com meu novo blog os meus amigos desse blog aqui! Quero mto que vocês gostem e compartilhem comigo as suas idéias e opiniões ok???

Segue endereço do blog:

http://naofiqueemcasa.wordpress.com

Bjusss

Read Full Post »

Nossa, o tema do post hoje é complexoooo…. hahahaha

O que eu preciso para ser feliz… Bem, existe uma infinidade de coisas que eu preciso para ser feliz e ao mesmo tempo são bem simples em sua natureza…

Acho que a melhor coisa é dividir o tema em três partes:

– O que eu preciso pra ser feliz no momento
– O que eu preciso pra ser feliz no curto prazo (até uns 2 anos)
– O que eu preciso pra ser feliz na vida

(gente, como eu estou ficando engenheira… rs)

Agora, quero falar somente de uma coisa que me deixaria feliz, nesse exato momento (que se encaixaria no “o que eu preciso pra ser feliz no momento)

IR EMBORA CEDO DE TRABALHO NA SEXTA-FEIRA PRÉ-CARNAVAL…. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

Read Full Post »

Mais a vida continua!

Oie pessoas do meu Brasil!

Eu me retirei durante esses dias para tentar me recuperar desse início de ano cabuloso para a minha pessoa…

As coisas não se resolveram, mas pelo menos eu estou mais calma e tentando tirar conclusões que sejam positivas pra mim de alguma forma, que me façam crescer e amadurecer, pq esse é o objetivo, não é mesmo?

De uma forma boa a terapia tem me ajudado consideravelmente, e mais uma vez fica a dica para todas as pessoas, de qualquer raça, cor e crença: Façam terapia! Existem coisas que parecem óbvias quando a gente começa a pensar, mas a gente nunca pensa! E quando pensa, não faz a devida associação. E uma outra coisa que eu aprendi é que não basta você ter a consciência dos problemas e coisas que te afetam. Você precisa fazer essa consciência virar sentimento dentro de você, e olha, essa é a parte mais complicada, pelo menos pra mim… É o que a santa da minha terapeuta diz: Você possui o intelecto correto, só falta fazer virar em sentimento.

Mas é um passo de cada vez.

É engraçado, pq fazendo uma avaliação da minha vidinha eu sempre tenho momentos como esse na minha vida. De tempos em tempos os acontecimentos me fazem perder as esperanças e simplesmente me derrubam. Mas de alguma maneira mágica, que juro por Deus não sei como, eu consigo sobreviver. Com alguns arranhões, fato, mas sempre sobrevivo. E o mais impressionante, eu nunca paro de sorrir.

Ontem eu assisti na “Grobo” um filme que me marca mto. “A procura da felicidade”. Lembro da primeira vez que assisti esse filme rolou uma mega idenficação. Primeiramente pq eu tb trabalho no mercado financeiro e foi uma luta árdua chegar até aqui. Eram seis ônibus e dois metrôs por dia, saindo do bairro onde morava, indo até o Terminal Santo Amaro e depois, pra ir pra faculdade, que ficava em São Bernardo do Campo.

Havia dias em que eu chegava chorando na faculdade. Era um choro mais de humilhação do que de sofrimento. Era a minha humilhação diária de acordar antes que o sol, ir trabalhar, sair correndo pra faculdade, chegar sempre atrasada, pq o transporte público não te permite ser pontual, e chegar em casa faltando apenas 5 horas pra você começar tudo de novo… E aos sábados, qdo eu poderia ficar descansando, e enquanto todo mundo saía de balada na sexta, eu ia dormir cedo, pq logo pela manhã tinha inglês e a aula ia até 4 horas da tarde.

Tinha dias que eu não aguentava mais meus pés, pq eu tinha que usar sapato social e eles me machucavam mto… Tinha dias que eu perdia o ônibus e pedia carona em algum fretado que passava por onde eu estava, tinha dias q o ônibus sujava minha roupa e eu chegava suja pra trabalhar, tinham os dias de chuva em que eu chegava toda molhada e descabelada e passava mtas e mtas horas presa no trânsito. Tinha ataque de PCC, que eu tive que pedir carona pra ex-namorado pra poder voltar pra casa. E as inúmeras vezes que pessoas sem escrúpulos me encoxavam, me empurravam, me acotovelaravam, pisavam no meu pé, roubavam meu estojo de canetas, e uma série de outros acontecimentos.

E as vezes o dinheiro do almoço não era suficiente, visto que tb usava o vale alimentação pra comer na faculdade… E a alternativa era me esquivar de almoçar com meus colegas de trabalho pq não haveria dinheiro pra comer onde eles iam comer. E aí eu ia comer o pior restaurante da face da terra onde você comia lavagem pelo preço de lavagem.

E algumas vezes por semana, na hora do almoço, eu fazia espanhol. Pq era o único tempo que me sobrava, e eu precisava fazer mais esse esforço.

Minhas roupas e sapatos sociais eram de quinta categoria. Eu tinha uma calça que uma perna era maior que a outra. Alguns sapatos, devido ao péssimo material, me davam um chulé horrendo e as vezes tinha programas de qualidade de vida no banco q eu trabalhava e eu tinha vergonha de ir pra não tirar o sapato qdo eu fosse me pesar. E mtas vezes eu via as meninas da minha área, q eram mais velhas, ficarem comentando de mim.

Eu não frequentei o bar da faculdade até o último ano, quando fui algumas vezes pra realmente ver como era. Eu achava um absurdo quem tinha a oportunidade de estudar e ficava usando o tempo pra ficar no bar. Eu não me permitia esse luxo pois sabia que todo dia eu tinha que matar um leão pra poder frequentar a aula, e isso me fez ficar intolerante com essas pessoas… Hj eu consigo entender que nem todos passaram por aquilo tudo, não posso cobrar postura nenhum de ninguém q não conheça o q eu conheci…

Lá pelo terceiro ano de faculdade meu pai, q me ajuda a pagar, passou por um momento de dificuldade financeira. E haviam algumas mensalidade em aberto que eu precisava quitar pra continuar estudando. Num ato de desespero por medo de não conseguir terminar o curso eu vendi à preço de banana a coisa mais cara e q eu mais gostava no mundo: meu notebook. Eu tinha ganho de presente do meu pai. Era a coisa mais valiosa q eu tinha, mas precisei fazer uma escolha e ela foi terminar a faculdade. Vendi pra um amigo de trabalho da minha mãe por 1/4 do preço que valia. Ele nem acreditava no negócia do China q tinha feito. E eu fiquei com a dor no coração de ter vendido meu presente…

Odeio quem se faz de vítima. Essa não é nem nunca vai ser minha intenção. Mas eu preciso as vezes me lembrar de todas as dificuldades q eu passei na minha vida pra ser quem eu sou e pra chegar onde eu cheguei, e dessa forma arranjar forças pra nunca desistir…

E é por isso q eu amo esse filme, ele me traz lembranças e inspirações! =)

Obrigada por toda atenção e msgs de carinho de todos vocês! Amo mto esse espaço…

Bjusss

Read Full Post »

Poxa gente, tô sentindo tanto falta de vcs por ak… Mas final de ano é super pesado pra todo mundo né… Mta coisa pra pensar, comprar, trocar, finalizar. Peço paciência com essa pessoa ak, q tem deixado as visitinhas aos blogs queridos um pouco a desejar… Mas isso é super passageiro e assim q as coisas voltarem ao normal eu tb voltarei! =)

Continuando então com a minha viagem mais que especial pra Punta Cana, vou contar um pouco o transtorno que foi o dia da viagem…

Após chegar do Rio, fui direto pro meu apê preparar as malas pra nova viagem, que ia ser no dia seguinte. Como sou mto lerda pra essas coisas e estava querendo evitar ouvir do namorado, fiz isso assim que botei os pés em Sampa…

Daí durmi na casa do namorado, pois iríamos de carro até o aeroporto, e assim foi… Como iríamos ao aeroporto de Guarulhos e o caminho até lá não é tão fácil, achamos melhor nos guiar via a grande invenção do século: GPS. O grande problema dessa maquininha fabulosa é q normalmente ele dá o caminho mais óbvio, não necessariamente são os melhores no quesito distância e no quesito trânsito.

Logo eu e o namo nos vimos na sucursal do inverno chamada Avenida do Estado. Gentem, eram 10 da manhã de um sábado e aquilo estava literalmente PARADO. Nosso vôo era as 14hs e pra vcs terem noção estávamos com medo de perdê-lo, dada as condições da tal avenida. O desespero bateu e tínhamos que sair dali o mais rápido o possível…

Pegamos então uma entrada para a pista oposta e seguimos nossa lembrança de um outro caminho, sentido Zona Leste… Lá também estava trânsito (alô alô Xangai) mas estava um trânsito menos preocupante…

Então chegamos ao aeroporto. Decorei onde o carro estava parado, pois o namo e eu somos mestres em ficar horas procurando o lugar onde paramos o carro, e lembro até agora… hahahaha… Estava no B15, fiz uma anologia à vitamina B12 pra não esquecer (truque de vestibulanda q eu sempre utilizo… rs)

Chegando lá qual não foi nossa supresa: Praticamente o carnaval em Salvador pra fazer o check in. Tinha gente pra todos os lados, filas pra todos os lados, fazendo voltas e mais voltas. Isso pq estávamos no check in internacional!!! Imagina só como estava a parte nacional. Terror, medo e pânico.

Foram exatas 2 horas de fila até chegar nossa vez, e bem naquele estilo Brasil de ser né: pessoa tentando furar a fila, calor horrendo, pessoa batendo o carrinho de mala no seu calcanhar, calor, fome (afinal não tínhamos almoçado), sede… Alô alô inferno!

Agora pára tudo e vêm cá comigo: Pensa numa tartaruga. Não, melhor, imagine uma lesma. Agora pega essa mesma lesma e faz ela ficar grande, assim do nosso tamanho. Era o cara q estava atendendo a gente no guichê. Logo entendemos o pq da fila gigante, pq as pessoas paravam oq estavam fazendo pra ficar conversando, pra ajudar o outro guichê q estava com problemas… Aí namorado com a velha máxima do “blá blá blá como vamos ter a copa do mundo aqui?”… Concordo, mas acho q a pergunta correta é “como vamos viver nesse país?”…

Não passamos nem perto do freeshop minha gentem… Nenhum perfuminho, tranqueirinha, nada… Dor no coração né? Afinal passamos a vida inteira querendo inúmeras coisas de lá e qdo finalmente temos oportunidade vêm uma cia aérea e acaba com sua graça!

Mas embarcamos sem mais problemas pra 6:30hs de viagem…

Até o próximo post pessoas! Q o ano de 2011 seja o melhor de todos! =)

Bjusss

Read Full Post »

Sobre minhas férias…

Eeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee… Finalmente voltei com um post decente né gentem… Pq o último foi a vergonha em pessoa!

Então vamos contar um pouco mais sobre minhas super 2 semanitas de férias, que não foram suficientes pra descansar, mas pelo menos me diverti bem viu…

Como eu já havia dito, passei uma semana no Rio com o paizinho (q continua lindo de morrer), fui pro escritório com ele, conversamos horrores sobre tudo e todos, e de lambuja aguentei a mulher dele, q olha, não é fácil…

Primeiro pq a anta e aluga de tal maneira que eu não tenho tempo nem de respirar… E me chama pra cá, me chama pra lá, me chama pra me mostrar isso, pra eu acessar a internet, enfim, não me deixa em paz… Se eu gostasse dela, vá lá, mas como não gosto, vcs imaginam o sacrifício que foi ficar distribuindo sorrisinhos enquanto a minha vontade era morrer… Não pq sou falsa, mas pq acho sempre q educação acima de tudo!

Mas odeio. Odeio mesmo ela. Do fundo do meu coração. E não sou uma pessoa q gosta do ódio, pq dá cancêr e pq gosto de ser uma pessoa do bem, mais isso foge do meu controle. E não é por ser mulher do meu pai não, como vc está pensando… A odeio como ser humano mesmo.

Só pra vcs terem uma noçãozinha da bisca, vou contar um pedacinho: Estávamos conversando sobre a empresa do meu pai e tals, que somos super fãs dele e tal, e que mto provavelmente se eu não assumir infelizmente vai ser vendida. Por isso fui ao Rio tb, pra “sentir” qual é a da empresa e ver se eu realmente tenho vocação para tal, pois sou filha única, não posso jogar a responsa pra mais ninguém…

Aí ela me vira e me fala assim: “Nossa, eu bobiei de não ter feito inseminação artificial do seu pai, assim eu teria um herdeiro pra assumir a NOSSA empresa”

!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Vem me abanar por favor pq está me faltando o ar. Como alguém vira PRA ÚNICA FILHA DO CARA e fala q queria ter um herdeiro dele pra abocanhar a empresa???????????

Pq gente, uma pessoa dessa sobrevive? Eu sou daquela teoria q semente ruim não tem que vingar. Mas me contenho em odia-lá com todo meu coração…

Fora isso ela super engana meu pai, pede dinheiro pra ele e deposita pra inútil da filha dela, q é casada e tem uma filha, não faz nada da vida nem nunca fez e tem a minha idade… E eu tenho a maior vergonha do mundo de pedir um centavo pro meu pai… E ninguém me contou, EU VI! Ela ainda tem a cara de pau de me pedir ajuda na hora de fazer o depósito. Acho até q ela faz de propósito e tal, como uma tentativa de humilhar, mas consegue mesmo é me deixar bem revoltada, isso sim…

Não devia falar essas coisas no blog sabe… Posso me phuder grandão um dia, mas sorry, minha vida não é de princesa, não vivo num castelo lindo e maravilhoso e não tenho só coisas boas pra contar… E se for pra me phuder, pelo menos eu desabafei… Ufa!

Amores da minha vida, esse post tá meio down né… Mas relaxem que dak pra frente é só alegria, afinal eu preciso contar da minha viagem ao estrangeiro! hihihi

Bjusss

Read Full Post »

Ai ai……….

Apresento-lhes o homem da minha vida……. desculpa, é meu e só MEU! rs

Read Full Post »

Older Posts »