Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Triste’ Category

2011 definitivamente não está fácil.

Não vou mentir pra vcs, meus queridos amigos de blog ou pessoais, que eu não sou uma pessoa reclamona. Sim, sou MTO reclamona, mas não necessariamente uma pessoa ranzinza… Sempre reclamei das coisas que não aconteciam no tempo que eu queria, quando elas não aconteciam da maneira que eu esperava, mas também nunca fiquei paradinha esperando. Reclamava mesmo pois estava correndo atrás como louca de tudo e fazia as coisas acontecerem…
Óbvio que existem coisas que fogem da nossa capacidade de controle, acontecem e a gente tem que ser flexível e enfretar, resolver, driblar, bem aquilo que costumamos ler nos livros de auto-ajuda de “cair e levantar”.
Mas quando essas coisas aconteciam eu normalmente me apoiava no que estava dando certo, então a situação ficava “equilibrada” por assim dizer. O pensamento é fácil: Tá ruim no trabalho, mas tá mto com o namorado, tá ruim com a família, mas tá bom com os amigos. E assim eu seguia equilibrada e feliz. Sim, feliz, pois sempre fui uma pessoa feliz. Sorridente. Com alegria de viver…

Acontece que esse ano está sendo pesado demais pra mim. Em partes devido decepções sofridas na ano passado no trabalho, tanto com pessoas como com processos, o que me fez ficar desanimada com tudo.
Soma-se a isso o peso da nova faculdade, q não é fácil e q me deixa bem acabada, pois levantar às 6:30hs e ir dormir 1 da manhã não me deixa recarregar as energias como eu deveria…
Aí parece que tudo vai seguindo o fluxo ruim: Decepção e desentendimentos com amigas, desentendimentos com o namorado, pois devido a vida louca que eu levo não consigo dar atenção o suficiente, o afastamento com a família, pelo mesmo motivo, a solidão ao chegar em casa e não ter ninguém pra conversar (pq moro sozinha), a grana apertada e as dívidas bombando (ok, não é privilégio meu…rs), auto-estima inexistente, e um aperto no coração por todo o futuro que me aguarda e que eu não consigo não me preocupar… O futuro me tira o sono, pois eu tenho uma ânsia mto grande de vencer, e enquanto eu não sentir que isso aconteceu, essa inquietação vai me perturbar… E ainda estou sentindo uma coisa nova pra mim, que é a falta de vontade. Não sinto vontade de lutar como sempre lutei, de viver, de sentir. A vontade na verdade é bem diferente, é de ficar quietinha num canto, sem falar com ninguém, ficar dias e mais dias trancada e sozinha, dormindo, em silência. Sempre amei trabalhar, mas pela primeira vez na vida está sendo difícil me colocar de pé todo dia e ir pro escritório…

A astróloga disse q esse seria um ano de mudanças, mas não as mudanças que eu estou acostumada. Mudanças internas, que são mais lentas e mais doloridas. Como plantinhas sendo semeadas, demora um pouco pra gente ver a pontinha dela abrindo a terra e se mostrando pro mundo… Mas eu não sabia que doía tanto esse processo.

E ainda tem tannnnnnnnto tempo pela frente pro ano acabar. E eu queria que hoje fosse 31 de dezembro logo, por sempre temos aquela esperança que o ano que vai nascer leva todos os nossos problemas junto, e ele já nasce com a promessa de coisas boas…

Esse post é mais um desabafo mesmo. Não quero passar essa energia pra ninguém hen!! hahahaha… Vcs sim, sejam felizes, alegres e saltitantes pq como eu ouvi uma vez (e não consigo aplicar na minha vida) a gente nasceu pra vencer! (oi! livro de auto ajuda! rs)

Bjusss

Anúncios

Read Full Post »

Já avisando que hoje estou de mal humor, devido principalmente uma dor de estômago que está me matando…

Aí a pessoa aqui, que saiu mais cedo do trabalho ontem devido a já comentada dor de estômago, tem que vir trabalhar hoje mesmo não estando melhor.
Na TV a previsão do tempo é de sol, alegria e diversão, e eu coloco uma roupa clara pra tentar animar meu astral…
Depois de 15 min de trânsito, o mal tempo deu as caras e começou a garoa. Boa!

O mais legal ainda era o fato do meu guarda-chuva estar no trabalho.

Aí chego no estacionamento, que agora fica umas 3 quadras longe do escritório, e peço encarecidamente ao tiozinho de lá um guarda-chuva, mas ele não tinha nenhum disponível… Mas não ficou por isso mesmo… Eu, tomando coragem para andar as 3 quadras debaixo de chuva, com a minha roupa clara e cabelos devidamente chapinhados na franja, minha dor de estômago me matando, ele me vira e fala:

– Mas por que você quer um guarda-chuva?

Eu não esbocei nenhum comentário, visto não estar entendendo o comentário do cidadão, fiquei esperando apenas ele terminar a frase…

– Você não sabia que as gotas de chuva não molham os anjos?

Eu: ………………………………………………………………………………..!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Por que eu mereço tanto sofrimento??????????

Read Full Post »

Ok, confesso… não sou a melhor pessoa no quesito emocional… fraca, desajustada, e acreditem q isso não eh nada bom sabe… Não tenho orgulho nenhum disso, e so costumo demonstrar qdo realmente tah doendo. E esta. Mto. Por tudo. Mas vai passar. E digo que o problema eh bem maior do q aquilo q eu posso e quero dividir ak… Mas eh so pra me proteger tah, juro….

Enquanto não passa nada melhor que correr para o lugar mais seguro e gostoso do mundo… O colo da minha mãe… Vou passar a semana aqui, pq o q eu menos precisava era ficar sozinha no meu apartamente com a geladeira quebrada…

E ficar aqui assitindo tv a cabo eh realmente uma benção! Faz a gente não pensar em nada… hihihi… Faz a gente ficar anestesiado, igual encher a cara… rs

E estou aqui me anestesiando… o problema eh q pessoas doentes como eu sempre procuram coisas pra não se deixar anestesiar, elas gostam eh de sofrer, se torturar, e agora estou assistindo “brilho eterno de uma mente sem lembranças”, soh pq eu amo mto esse filme e oq eu mais queria agora era apagar as minhas memorias da cabeça… mas vai passar, prometo!

Read Full Post »

Daí que quando eu fico triste eu tenho a péssima mania de fazer besteiras… E depois a tristeza melhora (pq ela não passa) e eu me arrependo amargamente do q eu fiz…

Querem alguns exemplos?

Bom, como vcs sabem, fiquei triste pq briguei com a minha amiga né. Daí que passei a semana inteira chorando e chorando e chorando e achei q eu precisava dar um up no visual pra tentar me sentir melhor…

Primeiro dia: Aí oq eu vou e faço? Pego uma tesoura, dessas totalmente cegas, e corto a minha franja. Assim, do nada, em casa mesmo, no espelho que fica na sala e ouvindo o barulho da televisão do quarto… Eram oq, umas 10 da noite, eu estava lá, com a cara e com a coragem, de calcinha e sutiã (acreditem, não é uma imagem sexy), com a tesoura na mão e a coragem na outra. Cortei a franja! Com ela seca… e cortei bastante.

Ficou horrível. Não cortei tão curta como franjinha normal, mas tb não tão grande pra colocar atrás da orelha.

Mas ok, a intenção era mudar. Não era mudar pra pior, mas não posso negar que mudei.

Segundo dia: Encanei com a porcaria da franja e achei que ela evidenciou uma serie de deformações minhas e me deixou com cara daquelas meninas de colegial q não ligam mto pra moda e deixam o cabelo todo bagunçado e tals. Seria legal se eu estivesse no colegial, mas trabalho num banco de investimento e definitivamente não curti.

E lá vou eu, sozinha em casa tarde da noite, pego a maldita tesoura e vou cortar mais, agora não mais a franja, mas sim o cabelo mesmo…

Crianças: Não repitam esses procedimentos em casa, pelo amor de deus. Adultos: Tb não, ok?

Bem, meu cabelo agora tá uma porcaria completa… Franja esquisitinha, cabelo torto e bagunçado, auto-estima no pé e a tristeza ainda dentro de mim.

Dica: Qdo vcs estiverem tristes não cheguem perto de tesouras ok?

E hj eu tinha terapia pela manhã e não fui. Não queria falar do mesmo assunto com ela, então como não ia ter outro mesmo não fui… E tô me sentindo culpada…

Bjussss

Read Full Post »

Acho q não teve jeito…

Mandei um email pra minha amiga, pedindo desculpa, e falando que tudo isso tinha uma grande razão por detrás q ela não sabia mas se quisesse ainda ser minha amiga eu contaria…

Ela me respondeu q é tarde pra contar qq coisa q seja…

Ainda bem q eu tinha terapia, chorei, chorei, chorei…

Depois foi pra casa da minha mãe… Chorei mais um montão e não consegui dormir… E o pior é ter que vir trabalhar e ficar cheia de sorrisinhos pras pessoas dak… ODEIO! Acho q qdo se está triste não tem que trabalhar, a possibilidade de virar um panda de tanto chorar e fazer merdas é mto grande!

E assim vou seguindo a vida… Perdi minha melhor amiga!

Read Full Post »

Estou sumida, e preciso confessar que só estou aqui porque estou realmente precisando… Tipo quando a gente reza pq está precisando sabe? Estou escrevendo pq é a única forma de aliviar minha dor…

Ontem eu fui na casa da minha melhor amiga, q vai casar, pela primeira vez… Estava super feliz sabe, por ela ter me chamado pra ir lá no domingo, programa de meninas, e tals…

Aí, já bem tarde, a gente começou a conversar sobre um assunto mega complicado… E acabamos brigando FEIO!

O negócio foi feio mesmo… E hj estou arrasada… Não sei nem oq faço…

Eu ia ser madrinha de casamento dela, e agora nem sei mais…

O pior é que brigamos por causa de outra amiga, mas no fundo no fundo meu coração está tão magoado e triste com algumas coisas que eu tenho q engolir a seco que eu acho q dei proporções mto maiores a coisas q nem são tão importantes assim…

Sinceramente, ela é a única pessoa que não posso ficar sem na vida sabe???

Passamos por TANTOS momentos juntas, nos conhecemos desde os 9 anos, e qdo minha avó estava pra morrer pediu pra ela sempre ficar do meu lado…

Não sei como será dak pra frente, só sei q estou tão machucada e com tanto medo de perdê-la ao mesmo tempo, que não consigo pensar direito…

Enfim, a vida não é um mar de rosas né… A gente apanha, briga, luta e não pode perder o rebolado…

Obrigado por me ouvirem…

Bjusss

Read Full Post »